Pelos Teus Lindos Olhos (Triângulo Jota Vol. 8)

imageAs aulas terminaram para as férias da Páscoa e o Triângulo Jota já tem planos para as aproveitar: acampar no Algarve. Mas antes de ir, Joel tem de resolver alguns assuntos do coração. Marta, uma colega de escola, exige saber em que ponto eles estão, se estão num relacionamento ou não. Quando se encontram num café, Joel tem uma experiência inexplicável com uma misteriosa rapariga com um olho de cada cor que a uma certa altura lhe dobra a colher do café. Hipnotizado por ela, segue-a até um museu de onde ela rouba uma pequena pedra de Marte. Por detrás dessa pedra, acontecimentos mirabolantes fazem com que a amizade do Triângulo Jota trema.

Quando era adolescente, andaram na berra muitas séries de livros para um público mais jovem. Uma Aventura, Clube das Chaves, Detective Maravilha, etc. De todas elas, a única que não me passou pelas mãos foi esta, o Triângulo Jota. Chegado a esta altura de Verão que puxa a tudo menos livros pesados, acabei por me render a estas novas edições gráficas da série. Falando em concreto deste livro, apesar de ele ter um enredo com muitos elementos sobrenaturais, é muito fácil de seguir e está coerente e bem conseguido. A linguagem é aquela que se espera num livro para um público mais jovem, simples e com um vocabulário à medida. A nível de personagens, a construção das mesmas é a que se espera num adolescente, ou seja, impulsivo, exagerado, dramático. Durante a leitura houve apenas uma questão que me foi “incomodando” mas nisso tenho culpa no cartório. Por ter visto alguns bocados de episódios das versão para TV da série, fiquei ainda com os sotaques muito carregados do Porto na cabeça. Ia lendo os diálogos e cada frase saía-me dessa forma. Mas isso são detalhes que não me vão afastar da leitura de mais volumes da série porque achei-lhe piada e quero continuar a conhecer.

Classificação: 3/5

Vocês podem não dar por isso mas os nossos olhos são o nosso bem maior. Como podíamos saborear a vida e tudo o que ela nos dá se não víssemos? Este olho que eu trinquei não é olho porque não vos pode ver. É triste, só serve para manter as aparências e fazer estas habilidades.

5 pensamentos sobre “Pelos Teus Lindos Olhos (Triângulo Jota Vol. 8)

    • Meu caro Armando, não tome a mal esse meu apontamento que escrevo na opinião. Adoro o sotaque do Porto. Eu própria tenho sotaque do Norte.
      Acontece que por hábito meu, evito qualquer tipo de adaptação visual de livros. Perde-se o motor da imaginação, o cérebro fixa-se naquelas pessoas ou naquelas características e não constrói a sua própria imagem.
      Com este livro aconteceu-me isso. O meu cérebro não foi capaz de se desligar do sotaque das personagens da tv e não criou a sua própria versão e o seu próprio sotaque.
      Obrigada pela visita e boas leituras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s