Uma conversa com… Liliana Lavado

Continuando na minha senda de entrevistar novos autores nacionais, hoje apresento-vos a Liliana Lavado. Uma autora super simpática cujo trabalho estou a gostar muito de conhecer.

Na Companhia dos Livros (NCDL) – Para começar, faço a pergunta da praxe. Em traços resumidos, quem é a Liliana Lavado?

Liliana Lavado (LL) – Muito simples. A complexidade está apenas nos meus livros. Natural de Aveiro. O que quer dizer que muitas vezes troco os “v” pelos “b”. Filha única, com todos os defeitos e virtudes que o excesso de atenção provoca. Li o meu primeiro livro já na adolescência e apenas por acidente. Escrevi o meu primeiro livro na faculdade e foi apenas o começo. Adoro viajar, mas detesto aviões. Não me consigo decidir se gosto mais de partir ou de voltar.

NCDL – A escrita é, para ti, um hobby recente ou é algo que já vem de trás?

LL – Para mim, 5 anos é recente. Quando se está perto dos 30 anos tudo parece recente.

NCDL – O que te fascina neste modo de expressão que é a escrita?

LL – A companhia silenciosa. O viajar sem sair do lugar. A construção conjunta de um mundo iniciado pelas palavras do escritor e completado pela imaginação do leitor.

NCDL – Começaste o teu percurso de escrita por um género mais histórico com o “Para Além da Razão”. Nos três livros seguintes (“Inverso”, “Inverno de Sombras” e “O Diabo dos Anjos”) derivaste para um estilo mais de fantasia. Em qual dos géneros te sentes mais confortável a escrever?

LL – A Fantasia Urbana tornou-se o meu estilo de referencia, pela liberdade imaginativa que permite. Mas depois de 3 livros neste registo e mais 1 que estou a trabalhar neste momento, sinto que está na hora de mudar.

NCDL – Enquanto escritora, tencionas experimentar outros géneros literários ou por enquanto vais te mantendo nessa “zona de conforto”?

LL – Sem dúvida que vou mudar. Depois de terminar “Fantasmas de Pedra”, o livro em que estou a trabalhar no momento, planeio voltar ao romance histórico e explorar o “Thriller”.

NCDL – Imagino que para quem cria algo, esta é uma pergunta algo complicada. Qual dos quatro livros mais gozo te deu escrever?

LL – Terei de responder com dois títulos. O “Para Além da Razão” porque foi o meu primeiro livro e com ele descobri todas as sensações da escrita. O “Inverno de Sombras” pela complexidade da trama, foi um verdadeiro desafio de lógica, disciplina e imaginação.

NCDL – Neste momento, tens novos projectos de escrita ou estás a rever o trabalho realizado graças aos comentários dos teus leitores-beta?

LL – Neste instante estou a trabalhar em dois projectos. Tenho a revisão de “O Diabo dos Anjos” como prioridade. Lançamento está previsto para o início de 2013. Ainda muitos detalhes a rever. E estou a escrever um novo livro intitulado “Fantasmas de Pedra” que formará uma duologia com o “Inverno de Sombras”.

NCDL – Passando para a tua faceta de leitora. Qual o género literário com que mais te identificas, nessa condição?

LL – Existiu um período há cerca de um ano atrás que eu lia quase exclusivamente Fantasia Urbana. Depois aconteceu o que sempre acontece quando se lê muito do mesmo, cansei-me. Hoje estou mais entusiasmada com literatura contemporânea e com histórias baseadas em personagens complexas e disfuncionais, de preferência, com um bom humor negro.

NCDL – Escritor ou escritores preferidos? Em que medida o trabalho desse(s) escritor(es) influencia o teu próprio trabalho?

LL – Vários nomes e por diferentes razões. Alex Bell, Sherrilyn Kenyon, John Green, Jeffrey Eugenides, Gayle Forman, Carlos Ruiz Zafón, Gena Showalter, P. C. Cast. Para a minha escrita destacaria sem dúvida a Sherrilyn Kenyon.

NCDL – Livro ou livros que ocupem um lugar de destaque no teu gosto pessoal enquanto leitora?

LL – Estes foram alguns dos livros que me fizeram ficar a ler até horas impróprias. “Um Dia” David Nicholls, “Se eu ficar” Gayle Forman, “Equador” Miguel S. Tavares, “Anjos e Demónios” Dan Brown, “The Marriage Plot” Jeffrey Eugenides.

NCDL – Se algum futuro escritor te abordasse pedindo um conselho, o que lhe dirias?

LL – Paciência. Confiança. Autenticidade. Num mundo em que tudo acontece cada vez mais rápido, os livros parecem ser das poucas artes que resiste a ser apreçado. É preciso ser-se confiante como escritor, saber o que se quer e para onde se quer ir. Autenticidade na escrita, como escritor e como individuo.

NCDL – Por fim, uma palavra para os leitores do Na Companhia dos Livros e, quiçá, teus futuros leitores.

LL – Aproveitando que estamos a encerrar o ano de 2012, porque não uma nova resolução para 2013!? A minha sugestão para todos os leitores do Na Companhia dos Livros, é que em 2013 dêem uma oportunidade às criações nacionais e leiam mais jovens escritores Portugueses.

Para a Liliana vai o meu muito obrigada pela disponibilidade demonstrada para responder às minhas perguntas. Desejo-te muito sucesso no teu percurso no mundo dos livros e que atrás destes 4 romances venham muitos mais!

2 pensamentos sobre “Uma conversa com… Liliana Lavado

  1. Adorei esta entrevista😉

    Este mês, ainda li pouco. Li dois livros, ambos de autores portugueses. O terceiro – que estou a ler agora – é da Liliana, ‘Inverno de Sombras’. O primeiro que li este mês foi ‘Inverso’, também da sua autoria.

    Concordo com a última resposta: ler mais autores portugueses. Não passo um mês sem ler, pelo menos, um autor português. Este mês, ainda planeio ler mais um, perfazendo um total de 4😉

    Um beijinho* à entrevistadora e entrevistada😉
    Sempre a somar, Liliana, é assim mesmo!
    Quanto ao blogue, fico feliz por ver o apoio dado a autores portugueses!

    P.S. Adoro a neve a cair (no blogue)

    • Desde que retomei as leituras e os posts, vou no 3º autor lusófono. Acho que seria interessante se a comunidade blogger adoptasse um desafio semelhante ou em menor escala ao meu de há 2 anos atrás, o “Lusofonia 2010”. Escreve-se tão bem em português, a nossa língua merece lugar de destaque nas nossas estantes.

      Muito obrigada pela tua visita Ivonne e ainda bem que gostaste da entrevista!

      Boas leituras🙂

      P.S. Só descobri a opção da neve ontem. Não resisti😛

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s