Domingos Poéticos #2

E porque o São Martinho tem um gosto especial quando somos crianças, hoje dou-lhes voz.

As Castanhas

Castanhas na brasa
De casca a estalar,
Vós sois o regalo
Do meu paladar.

Os ouriços a sorrir
Mostram no seu interior
As castanhas a dormir
Numa alcofa de rigor.

O vendedor de castanhas
Lá anda, de rua em rua,
Vendendo castanhas quentes
No dia triste com bruma.

Diogo Luís  – Escola E.B.1 Nº1 de Espinho

4 pensamentos sobre “Domingos Poéticos #2

  1. Oi Isa!!!
    Olha só, toda cheia de poemas, que linda!! Ok, mas antes preciso perguntar quem é São Martinho? Relacionado à Igreja Católica??

    Sou péssima para “decifrar” poemas, sorry! 😡
    Beijos!

  2. A ingenuidade deste poema é enternecedora mas não se pode esquecer que foi escrito por uma criança. Não obstante toda essa ingenuidade, o Diogo Luis já denuncia algum grau de maturidade. O facto de escrever um poema, em idade muito tenra, diz-nos que está numa fase bem adiantada no seu crescimento intelectual.
    Aproveito esta resposta para endereçar dois esclarecimentos a Jeh Asato:
    – só há santos na religião católica;
    – S.Martinho tem o seu dia, como qualquer outro santo (calendário católico), a 11 de novembro. No ditado português “no dia de S. Martinho vai à adega e prova o vinho” (o vinho novo da última colheita), o povo português associou-lhe as castanhas, um fruto da época, e fez deste dia uma festa popular, bem popular, mesmo…
    Um abraço amigo à Isabel e à Jeh Asato.
    armando sousa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s