O Turno da Noite Vol. I – Os Filhos de Sétimo

*Atenção: Para quem ainda não leu os livros anterior da saga, toda a opinião tem spoilers*
Terminada a épica batalha que põe fim à existência vampírica de Sétimo, o Brasil fica recheado com os seus filhos das trevas. Jovens transtornados, desorientados e com um enorme sentimento de injustiça. Quatro desses jovens (Patrícia, Bruno, Raul e Alexandre) são aliciados por Dom Ignácio, um vampiro mais experiente, para fazerem parte do Turno da Noite de uma agência de assassinatos por encomenda. Paralelamente a este enredo principal, acompanhamos um pouco dos destinos de personagens já conhecidas nos livros anteriores. Tobia e Dimitri continuam na sua demanda de caça-vampiros, Brites e o restante Exército num esforço para limpar o Brasil da ameaça vampírica, alguns dos vampiros sobreviventes mais próximos de Sétimo e os filhos do vampiro Lobo, que tentam por todos os meios refugiar-se num sítio seguro onde não dêem nas vistas.
De volta ao mundo vampírico do brasileiro André Vianco! Este é um livro que tem os seus altos e baixos. Apesar de todo o enredo da história ainda ser de alguma maneira apresentado de um modo brando, já que este é o primeiro volume de uma história composta por três, não deixa de ser interessante e cativante. Vianco sabe como manter as doses de mistério na dose certa de modo a prender a atenção do leitor. De focar também que ele pega nas personagens dos livros anteriores e dá-lhes um seguimento de vida (eis uma expressão irónica quando se está a falar de vampiros!) coerente e credível. Do ponto de vista mais negativo, tenho apenas a apontar o facto de Vianco ter voltado a dar uma personalidade muito agressiva a alguns vampiros. Apesar de serem filhos do temível Sétimo, era escusado passarem para o murro por causa de um pequeno desentendimento. Este é, sem dúvida, um óptimo “cheirinho” daquilo que nos espera no próximo volume, Revelações.
Classificação: 4/5
” – Vocês têm muito o que aprender, crianças. Sangue é sangue. Não importa de onde vem. É comida. Vocês vêem humanos em depressão depois de sair de um MacDonald’s? Se entopem de hambúrgueres e vão contentes para casa… estão encaixados e conformados com a cadeia alimentar. Nós também temos nosso lugar nela, um nível acima, infelizmente… para eles, é claro. – acrescentou Ignácio, com um sorriso sarcástico e duradouro.”

Um pensamento sobre “O Turno da Noite Vol. I – Os Filhos de Sétimo

  1. Aff, nem preciso comentar que estou relutante em comentar sobre esses livros depois do que te contei né? -.-'
    Mas vamos lá, não vou misturar o lado pessoal com o profissional (ui)!
    A partir de O turno da noite eu comecei a achar meio fraco a história… começou a vir para a modernidade demais, os vampiros modernos, senti falta dos vampiros portugueses com uma bagagem histórica maravilhosa, um sotaque bom que mesmo escrito a gente consegue ouvir… (eu pelo menos)!
    Ainda preciso ler o último livro de “O turno da noite” mas ainda não sei quando vou ler, e nem tenho mais pressa viu… hehehe!

    Beijos! ;*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s