O País do Carnaval

Paulo Rigger, intelectual brasileiro de formação europeia, regressa ao seu país natal na esperança de poder participar activamente da vida política e intelectual do mesmo. Mas após algum tempo, Rigger começa a contestar através, sobretudo, do Carnaval, a mestiçagem que acha ser um forte factor de atraso. Um livro crítico e contestatário sobre a ética (ou falta dela) dos intelectuais da época diante da situação social e política do país em vésperas da revolução de 30. Expressa o clima intelectual da época, marcado pela idéia de crise e incerteza.. Desiludido, Rigger volta para a Europa.
Este é o primeiro livro da longa carreira literária de Jorge Amado. Apesar de o autor ter apenas 18 anos aquando da sua publicação, este livro surpreendeu a crítica e o público da época com a sua aguçada crítica política. Esses são pontos que eu própria concordo, para a idade que tinha Amado desenvolveu uma obra com qualidade. Jorge Amado pretende com este livro abordar uma juventude plena de inquietude, numa ansiosa e por vezes angustiada busca de verdades e caminhos. Mas apesar disso, existem alguns pontos me fazem achar que este não é de sombras o seu melhor romance. As descrições são pouco conseguidas, existem muitos diálogos inacabados, algumas personagens perdem-se e as várias discussões sobre o sentido da vida e a felicidade entre algumas personagens tendem a que não chegar a lugar nenhum. Mas não deixa de ser Jorge Amado…
Classificação: 3/5
“- Um misto. Sentimento e cérebro. Mas só o cérebro resolve. Eu disse também que a gente não chega a ser feliz por causa do cérebro… O sentimento pode-se satisfazer, mas o cérebro não. O amor não resolve, e conseqüentemente…
– Resolve. Só as coisas naturais, humanas, podem dar alegria e felicidade à vida… Compreendeu?”

Um pensamento sobre “O País do Carnaval

  1. Acabei de ler este livro! Apesar dos “defeitos” que o próprio autor reconhece no seu prefácio, o livro está muito bom, é um excelente retrato de um Brasil que é enorme em muitas coisas e, infelizmente, tão medíocre noutras…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s