A Cidade e as Serras

Tal como o título indica, neste livro existe o contraponto entre duas realidades distintas. De um lado, a Cidade. A modernidade, a civilização, o ócio e as festas provocam em Jacinto sentimentos como a melancolia, o aborrecimento, o cansaço. Do outro lado, a Serra. Jacinto no reencontro com a velha casa da família, em Tormes, renova-se, numa atitude de encantamento. Integrando-se na vida produtiva do campo, Jacinto aplica os seus conhecimentos técnicos e científicos à situação concreta de Tormes, planeando a construção de queijarias ou a criação de extensos prados. Sem romper totalmente com os valores da civilização, Jacinto adapta o que pode ao campo, dando também o seu contributo para a modernização da serra, ao trazer o telefone.
Este é um registo diferente daquele que Eça sempre adoptou. O escritor poveiro abandona a critica mordaz à sociedade para se voltar para a Natureza. As descrições feitas das serras na zona do Douro são de uma beleza incrível. Um livro lindíssimo, com Eça no seu melhor, apesar da obra ter sido escrita a um ano do escritor partir deste mundo. Altamente recomendável para quem gosta de excelente literatura.
Classificação: 5/5
“Mas o que a Cidade mais deteriora no Homem é a Inteligência, porque ou lha arregimenta dentro da banalidade ou lha empurra para a extravagância. (…) Todos, intelectualmente, são carneiros, trilhando o mesmo trilho, balando o mesmo balido, com o focinho pendido para a poeira onde pisam, em fila, as pegadas pisadas; – e alguns são macacos, saltando no topo de mastros vistosos, com esgares e cabriolas. Assim, meu Jacinto, na Cidade, nesta criação anti-natural onde o solo é de pau e feltro e alcatrão, e o carvão tapa o céu, e a gente vive acamada nos prédio como o paninho nas lojas, e a claridade vem pelos canos, e as mentiras se murmuram através de arames – o homem aparece como uma criatura anti-humana, sem beleza, sem força, sem liberdade, sem riso, sem sentimento, e trazendo para si um espírito que é passivo como um escravo ou imprudente como um histrião… E aqui tem o belo Jacinto o que é a bela Cidade!”

5 pensamentos sobre “A Cidade e as Serras

  1. Interessante, porque eu sou o contrário de Jacinto – é na cidade que realmente me encontro, nas tarefas do quotidiano, na metrópole cheia de vida… tenciono ler este livro, nem que não seja para o comparar com Os Maias (aposto que são totalmente diferentes), o qual já li e adorei 🙂

    Bem, e que ano excelente de leituras! 3 livros, 3 notas máximas 😀

  2. Só nesta página (ainda não fui ao arquivo) encontrei livros magníficos e concordo em absoluto com as suas análises.
    este Eça, por exemplo, é uma obra de arte pela simplicidade. Um livro belissimo, simples como a maior parte das coisas belas da vida.
    Parabéns pelo blog; está excelente.

  3. O melhor livro que li de Eça (muito melhor que o seu mais conhecido “OS Maias”). Completamente actual, neste mundo de materialismos e de conhecimento internético, acessivel, infinito e avassalador, em que o caminho para alcançar a felicidade está encoberto por múltiplas sombras impossiveis de clarear.
    Comprei um livro sobre esta obra, que me levou a ter uma visão diferente da que tinha até aquele momento, quanto ao personagem-narrador Zé Fernandes, que anteriormente me parecia uma personagem de apoio subalterna, que idolatrava Jacinto, chamando-o de “meu Principe”. Agora parece-me que ele o tratava de “meu Principe” porque ele era o Rei, que tinha dirigido o seu Principe de encontro á felicidade, enquanto ele continuava á procura do caminho para alcançar a sua, como o prova na sua viagem a Paris no final do livro. Dando finalmente lógica a um final que eu não conseguia entender até ter esta perspectiva.
    5/5 Sem dúvidas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s