As Cinco Pessoas que Encontramos no Céu

Eddie é um veterano da Segunda Guerra mundial que trabalhou durante toda a vida no velhinho parque de diversões de Ruby Pier. No dia do seu 83º aniversário, uma parte de uma das diversões solta-se pondo em perigo a vida dos que nela andava. Na tentativa de salvar essas pessoas, Eddie é atingido e acaba por morrer tendo como ultima recordação duas mãozinhas. Quando acorda, Eddie está no Céu. Ao longo do seu percurso por lá, este vai encontrar cinco pessoas que estiveram de algum modo ligadas à sua vida terrena e que no final lhe deixam uma importante lição.
Classificação: 4/5

“- Edward – disse ela baixinho. Era a primeira vez que o tratava pelo nome. – Aprende uma coisa comigo. A raiva é um veneno. Devora-te por dentro. Pensamos que o ódio é uma arma que ataca a pessoa que nos fez mal. Mas o ódio é uma lâmina curva. E o mal que infligimos, infligimo-lo a nós próprios.”

Um pensamento sobre “As Cinco Pessoas que Encontramos no Céu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s